Sobre

Olá! Sou Diogo Perez, pai da Amandinha e casado com a Karine. Um chocólatra assumido e amante da arte. Amo viajar, fazer novas amizades e dentro do meu trabalho procuro sempre conhecer bem os casais que fotografo, buscando assim uma conexão que torne todo o processo mais leve, agradável, e natural.

Sou extremamente grato a Deus por poder trabalhar com o que amo, viver cercado de amigos, e ter uma família que me apóia e me motiva cada dia a melhorar e alçar vôos mais altos.

Falar sobre si mesmo é bem complicado, mas de forma bem resumida, cresci vendo meu avô fotografando tudo e todos, desde as minhas festas de aniversário, confraternizações da nossa família, churrasco de domingo no clube e até mesmo coisas simples, como o pôr do sol pela janela do seu apartamento.

Quando nos reuníamos depois para ver aqueles mini álbuns feitos de um papel bem simples com várias fotos em saquinhos plásticos, dávamos muitas gargalhadas, e o sentimento de rever aqueles momentos tão especiais, quase me transportava de volta ao dia da foto. Era fantástico.

Enfim, cresci, me formei em publicidade, e a partir dai comecei a desenvolver meu lado mais artístico. Posteriormente descobri na fotografia uma das minhas maiores paixões, quando percebi que eu poderia ser o autor de vários ‘’Albúns” e fazer com que as pessoas sentissem aquele mesmo sentimento que eu sentia quando via as fotos que meu avô tirava.

E apesar de ser um tanto clichê, hoje como fotógrafo, consigo enxergar o valor incalculável que existe no registro de um momento.

_______________________________________________________________________________________________________________________________

 

Hello! I am Diogo Perez, father of Amandinha and married to Karine. An assumed chocoholic and lover of art. I love to travel, to make new friends and in my work I always try to get to know the couples I photograph, seeking a connection that makes the whole process lighter, pleasant, and natural. I am extremely grateful to God for being able to work with what I love, to live surrounded by friends, and to have a family that supports me and motivates me every day to improve and to raise higher flights. Talking about yourself is very complicated, but in a very brief way, I grew up seeing my grandfather photographing everything, my birthday parties, family gatherings, Sunday barbecue at the club and even simple things like the sunset through his apartment window. When we met to see those mini albums made of a very simple paper with several photos in plastic bags, we gave a lot of laughter, and the feeling of revisiting those special moments, almost carried me back to the day of the photo. It was fantastic. Anyway, I grew up, I graduated in publicity, and from there I began to develop my artistic side. Later I discovered one of my greatest passions in photography, when I realized that I could be the author of several “Real albuns“ and make people feel that same feeling that I felt when I saw the photos that my grandfather took. And despite being rather in a common place, today as a photographer, I can see the incalculable value that exists in recording a moment.